Terça-feira, 14 de agosto de 2018
Área administrativa
Busca de imóveis
Busca detalhada Busca no mapa Imobiliária/Corretor
Cliente infoimóveis

Administre seus imóveis no site.

Área administrativa

Notícias

Confira notícias do ramo imobiliário
+ - Tamanho da fonte
Sábado, 5 de maio de 2018

Bancos começam a reduzir as taxas de crédito imobiliário

Seguindo a tendência da Caixa Econômica Federal, os principais bancos começam a se movimentar para diminuir as taxas aplicadas no crédito imobiliário. O objetivo é acelerar empréstimos para pessoas físicas e compensar a contínua fraqueza na demanda corporativa por novos recursos para investimentos.

Segundo especialistas, esses esforços podem fazer com que a retomada do crescimento de vendas acelere e que novos empreendimentos sejam colocados à disposição dos clientes, uma vez que as taxas tanto para compra quanto para construção estarão mais competitivas.

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Distrito Federal (CRECI/DF 8ª Região) buscou nos principais bancos da cidade as taxas que estão sendo cobradas na linha de crédito imobiliário.

Sistema Financeiro de Habitação (SFH)

Emprega recursos das contas de poupança, ou repassados pelo FGTS, no financiamento da aquisição e construção de imóveis residenciais. ( imóveis residenciais de até R$ 800 mil para todo o país, exceto para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, cujo limite é de R$ 950 mil.)

Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI) 

A principal fonte de recursos do SFI são os grandes investidores institucionais, que possuem expressivos ativos, não só no Brasil, como em outros países: fundos de pensão, fundos de renda fixa, companhias seguradoras e bancos de investimento.

Veja o que dizem os bancos sobre suas taxas de Crédito Imobiliário (Clique no nome do banco)

Banco de Brasília (BRB)

Banco do Brasil (BB)

Bradesco

Caixa Econômica Federal

Itaú / Unibanco

Santander

Mais imagens:
Fonte: Mário Salgado - Foto: Divulgação Creci/MS